Redes Sociais

Home » Notícias


Aula de campo encerra primeiro curso de Perícia Ambiental no Ceará

  • Texto:
  • Diminuir fonte
  • Tamanho normal da fonte
  • Aumentar fonte
  • Aumentar fonte

Aula de campo encerra primeiro curso de Perícia Ambiental no Ceará

Uma aula de campo encerrará nesta terça-feira (25) o primeiro curso de Perícia Ambiental do Ceará, de iniciativa da Academia Estadual de Segurança Pública (AESP-CE), cujos facilitadores são os fiscais ambientais da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Leonardo Borralho e Carolina Dias. No decorrer do dia serão visitados o litoral de Caucaia, trechos do rio Ceará e do Parque do Cocó. A turma é composta por peritos da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e demais servidores com atuação na área.

 

O conteúdo teórico foi ministrado entre os dias 10 e 21 de junho, totalizando 80 horas/aula. Dentre os assuntos abordados nas cinco disciplinas ministradas estão: Legislação ambiental; Análise de riscos e impactos ambientais; Danos ambientais e impactos econômicos; Estrutura e elaboração do processo da perícia ambiental; e Prática de perícia ambiental. Ao todo, 41 profissionais participam turma. Além da explanação dessas temáticas, foram realizadas exposições e discussões de estudos de casos para que os peritos aprimorem o processo de elaboração de laudos ambientais.

 

De acordo com o fiscal da Semace, Leonardo Borralho, o curso foi uma ação pioneira no Ceará nesta área e surgiu a partir da recomendação do Ministério Público Estadual com o intuito de capacitar profissionais para realizar a perícia ambiental, apurar e fazer laudos que subsidiem as ações penais, de forma a materializar a prova e as circunstâncias dos crimes investigados, além de servir de elo de troca de experiências entre os órgãos.


FONTE: http://www.ceara.gov.br/index.php/sala-de-imprensa/noticias/8452-aula-de-campo-encerra-primeiro-curso-de-pericia-ambiental-no-ceara




 

Presidente Regional Ceará: SAMUEL BRAGA

E-mail: pen.ce@pen51.org.br

© Copyright 2018 — PEN 51 - Partido Ecológico Nacional. Todos os direitos reservados.