Redes Sociais

Home » Notícias


II Acampamento Animal Nacional 2015

  • Texto:
  • Diminuir fonte
  • Tamanho normal da fonte
  • Aumentar fonte
  • Aumentar fonte

II Acampamento Animal Nacional 2015

Observatório Animal

(por Carolina Mourão)


Será em agosto desse ano o Acampamento Animal Nacional, maior ação política do mundo em defesa da agenda animal junto a um Parlamento. Trata-se de uma vigília anual em frente ao Congresso Nacional, com o objetivo de realizar votações em favor da agenda animal, e que conta com a presença de protetores, ativistas e lideranças da causa animal de todo o país, conectados nas redes. Na Câmara, a bola da vez será o projeto que prevê a castração gratuita de cães e gatos em território nacional para controle de natalidade. A matéria é a prioridade nacional da causa dos animais não somente por conta do grave problema sanitário e ambiental que envolve o tema, como também pelas execuções sumárias, e criminosas, de 5 milhões de cães a cada ano, sadios com doenças tratáveis e não transmissíveis a seres humanos, nos centros de zoonoses de todo o País, para controle de natalidade a título de controle de zoonoses.

 

Com o desafio de identificar janelas políticas, construir e sustentar um acordo de líderes, tanto na Câmara quanto no Senado, em favor de uma votação, e de articular uma bancada favorável ao tema que precisa ser convencida a confrontar ruralistas no Plenário, o Acampamento é, do lado de fora, o eixo propulsor do clamor pela defesa animal no País. A caixa de ressonância que acelera o necessário processo de maturidade do movimento ativista nacional na busca da total coesão, objetivando conquistas graduais, sempre em bloco único, condição absolutamente necessária para o enfrentamento de outro bloco coeso e numeroso: a bancada ruralista, que resiste ao avanço da agenda da defesa animal por temer que o debate toque a indústria de corte. Trata-se do poderoso grupo formado por dois eixos que se apoiam: o da agricultura e da indústria de corte que, juntos, sustentam o PIB nacional, e têm todo o apoio do governo.

 

Por isso o bloco animal tem que ser coeso, para enfrentar os ruralistas, que o são. Coeso para que deputado e senador nenhum desista de investir em uma base rachada, que briga entre si, que discorda do mesmo tema, porque ele capitaliza de um lado, e perde do outro, até sentar no projeto sem consenso. Tem que ser coeso porque andorinha só não faz verão. Porque caminhoneiro coeso paralisa o País, e até o PCC coeso tem o Estado nas mãos... não por amor entre eles, acreditem. 

  

Portanto, qualquer manifestação ativista individual, avessa à política, é inócua, e qualquer discurso apartidário é tolo, sem esperança de conquistas. Nesse jogo, há que ser suprapartidário para obtenção de resultados, pelo diálogo com lideranças políticas de diferentes partidos que, juntos, pautam o que vai a voto no plenário. E todo o fogo-amigo, e a guerra entre vegetarianos, veganos e carnívoros, e os bate-bocas das redes sobre quem fez o quem resgatou ou quem fez a ocorrência – já que governo nenhum o faz... e palestrantes ou lideranças que promovem debates e marchas apartidárias que servem, tão somente, para construir suas carreiras pessoais em cima da miséria dos animais, sem que seja possível apresentar soluções reais, na forma da lei, de decreto, de normas e portarias. Fiscalizar é com a gente. Assim tudo, absolutamente tudo fora da política, na luta pelos animais, é vaidade abaixo do sol - como diz o pregador em Eclesiastes.


Desta forma, o Acampamento Animal Nacional traz uma perspectiva de futuro no que antes era o caos, rompendo o facebook e materializando politicamente toda a demanda das redes sociais, a segunda maior em volume.  Acesse www.facebook.com/acampanimal para visitar a  página do II Acampamento Animal Nacional 2015.

O Acampamento está marcado para 11, 12 e 13 de agosto de 2015, em Brasília, na Esplanada dos Ministérios.

 

Carolina Mourão é jornalista, ativista e consultora da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais do Congresso Nacional.

 

Confira também a página do PEN-DF no facebook: www.facebook.com/penbsb





 

Presidente Regional Distrito Federal: Francisco Nilo Gonçalves Junior

E-mail: nilogoncalves@gmail.com

Fone: (61) 99873-8377  /  (61) 3367-0751

© Copyright 2018 — PEN 51 - Partido Ecológico Nacional. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por C!A Propaganda